Ganhe descontos

Booking.com

Aluguel de carro

Lojas Americanas

Lojas Americanas
PROMOÇÃO
Navigation

Ecoturismo em Brotas: Ecoparque Cassorova

Conheça as belezas naturais de Brotas e se apaixone pelo Ecoparque Cassorova, Um lugar onde você pode passar o dia com a família e usufruir de sua infraestrutura com trilhas bem projetadas, banhos de cachoeiras, tirolesa , arvorismo, além de piscina com bar e restaurante para os hóspedes.

Nesse post, nós falaremos sobre o Ecoturismo em Brotas: Ecoparque Cassorova.

Já ouviu falar em turismo adaptado?! A importância de oferecer adaptações nos ambientes para as pessoas com dificuldades de locomoção já é uma realidade e o Ecoparque Cassorova não poderia deixar de entrar nesse time, que faz toda a diferença na rotina de diversas famílias.

Para quem nunca ouviu falar no Cassorova, ele fica localizado na região de Brotas, a famosa cidade das cachoeiras, da equipe número 1 no ranking internacional de rafting e na cidade natal do cantor sertanejo DANIEL.

O Ecoparque Cassorova fica entre Brotas e São Pedro, numa região exuberante de Mata Atlântica, com muitas cachoeiras. O parque está sempre em modificação para oferecer a melhor infraestrutura para os seus visitantes.


A entrada dele não fica na beira da estrada, mas não é difícil achá-lo, pois há placas indicando o caminho. Sugiro que marquem a localização dele no GPS ou Google Maps. Eu sempre baixo os mapas off-line do Google Maps como carta na manga, quando não há sinal de 3G no local.


Caso você não saiba como fazer isso, deixe um comentário no final do post que eu te ajudo a realizar esse procedimento.

Como chegar no Ecoparque Cassorova?


Você pega uma pequena parte de estrada de terra até chegar no Cassorova. Ao chegar, vai encontrar o estacionamento logo em frente a recepção.

Distância de Brotas ao Cassorova: 29km ou aproximadamente 27 minutos

Distância de São Carlos ao Cassorova: 76km ou aproximadamente 1 hora.

Distância de Campinas ao Cassorova: 131 km ou aproximadamente 2 horas.

O que fazer no Cassorova?

Antes de comentar sobre as atividades do Ecoparque, gostaria de mostrar para vocês a importância de ser bem atendido logo no primeiro momento.. Sério! A Thais Alves, que trabalha na recepção do parque, é de uma simplicidade, simpatia e tem um brilhos nos olhos, que fiquei impressionada! Parecia a dona do lugar! Motivada a falar sobre tudo o que iríamos conhecer!


Obs: eu estou comentando isso por aqui, porque viajo bastante e percebo quando há  uma dedicação do funcionário em sua rotina de trabalho. Às vezes, a rotina é massacrante e você acaba realizando de forma automática. E isso, não acontece na recepção do Cassorova! Thais, parabéns pelo trabalho!

DICA: há tantas atividades no parque, que eu sugiro que você tire todas as suas dúvidas com a Thaís  (ou quem estiver na recepção) antes de entrar. Assim, ela já poderá orientar um roteiro para que você otimize o seu tempo.

Importante!! Chegue cedo no Cassorova!! Vai por mim!! No final do dia, você ficará com o coração apertado na hora de ir embora.


Seguem abaixo as principais atividades do parque:

1- A ponte suspensa: 

Ela foi inaugurada há pouco tempo e ela possui acesso 100% para cadeirante. O caminho é largo, firme, sendo projetado para oferecer bem estar às pessoas com qualquer tipo de adaptação na locomoção.


E a vista?! Fantástica! Você assiste, de cima, boa parte do Cassorova, os rastros das trilhas, da água caindo pelas duas quedas da Cachoeira Cassorova (eleita pelo Guia 4 Rodas como a oitava cachoeira mais bonita do Brasil e a primeira de São Paulo). Pode ver também a galera praticando canionismo, tirolesa e arvorismo.


2- Canionismo: 

Essa atividade é realizada em parceria com a Território Selvagem Canoar, uma agência que promove esportes radicais pela região. Falarei mais dela no post sobre o Rafting em Brotas.


A primeira etapa é um rapel realizado no cânion da Cachoeira Cassorova. Primeiramente, o guia passa as instruções de segurança para o grupo, depois ocorre um treinamento de rapel antes da descida propriamente dita na cachoeira. Já a segunda etapa, é realizada uma descida no cânion da Cachoeira do Quatis.

foto site Cassorova

3- Tirolesa: 

Ao total, são duas tirolesas começando a 110 metros de altura e com uma vista fantástica do Vale Cassorova. Sugiro que ligue para o parque para marcar a atividade antes da data de sua chegada, assim, poderá garantir a realização da tirolesa. Você terá direito a usufruir o parque pelo pacote Day Use.

foto site Cassorova


4- Arvorismo: 

Uma atividade montada para as crianças e que fica localizada bem perto da entrada do parque. Há vários níveis de dificuldades, sendo todos protegidos com equipamento de segurança.

foto site Cassorova


5- Cachoeira Cassorova: 

A trilha para cachoeira é segura, bem sinalizada, pequena e de fácil acesso, que demora uns 10 minutos para chegar até a base da cachoeira.

Não é à toa que ela foi considerada pelo Guia 4 Rodas como a mais bonita da região. Ela possui uma imponência única com duas quedas, que desenham uma atmosfera de paz e harmonia no local.


Para quem ama tirar fotos, esse local é o paraíso. Além de uma paisagem exuberante, você ainda passa por uma mini ponte suspensa, que oferece aquele charme rústico e um ângulo perfeito para a cachoeira.


Para quem gosta de se molhar, pode entrar na piscina natural, que é formada pela água refrescante da cachoeira.

6- Cachoeira dos Quatis: 

A trilha para chegar até ela é mais longa, então sugiro que façam ela primeiro, caso cheguem tarde ao parque. Leva em torno de 30 minutos, percorrendo um vale belíssimo, provocando inveja a qualquer parque ecológico!


Chegando na cachoeira do Quatis, você pode contemplá-la tanto pelo mirante ou descer o último lance de escadas pra tomar banho de cachoeira.  Nós fomos no final do dia e acabamos não aproveitando tanto a beleza natural do local.



7- Deck do Moinho: 

Nesse ponto do parque, você receberá capacetes, caso queira chegar bem pertinho da primeira queda da Cachoeira Cassorova ou pode ficar curtindo a paisagem no mirante.



Chegar pertinho da queda tem a sua emoção, onde você está literalmente em contato com a natureza. A água fará uma massagem no seu corpo, onde você vai se sentir renovada.

8- Duas piscinas naturais de água corrente, com mini cascata: 

Uma delícia descansar da trilha à beira da piscina com petiscos e drinks. A água está sempre sendo renovada, vindo direto da nascente.


Obs: há vestiários e duchas com água quente para que possam tomar banho e trocar de roupa após as atividades no parque.

foto site Cassorova


9- Restaurante e lanchonete:

Servem petiscos para saborear na beira da piscina, até almoço com comida típica da fazenda em forno a lenha. Sugiro que marquem o almoço e anotem o horário antes de saírem para as trilhas.

foto site Cassorova


10- Mirante Alto da Serra: 

Ele fica localizado no início da trilha, caminho para a Cachoeira do Quatis. Ele oferece uma vista panorâmica única do Vale Cassorova. Nesse ponto do parque, você terá uma ideia da imensidão do parque e pode ver de longe a ponte suspensa, a que comentei como a primeira atividade a ser realizada no parque.

foto site Cassorova


Eu simplesmente AMEI conhecer o Cassorova e até arrisco em falar que vale reservar dois dias para curtir o Ecoparque completo. A infraestrutura voltada para o Ecoturismo é muito boa!



Agradeço ao Fabio Ferreira, Vitor, o casal Mari e Paulinho (@tripadoiss) e a Thais Alves que nos receberam de braços abertos e nos mostraram o esforço e dedicação para manter o parque funcionando 100%. Cada árvore plantada, cada trilha projetada, para não prejudicar o árvores do caminho, cada projeto sendo inaugurado, como a ponte suspensa, que ficou fantástica! Parabéns!


Onde se hospedar em Brotas?

A minha sugestão de hospedagem é no Hotel Pousada Natural de Brotas. Vejam com detalhes a hospedagem.



Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 

2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.









Share

Dani Turismo

Post A Comment:

30 comments:

  1. Liany Garves Nogueira14 de janeiro de 2019 00:09

    Adorei saber mais sobre o Cassarova. Fique encantada ao saber que possum um ecoturismo de acessibilidade. Não sabia que existiam lugares assim e já me conquistou. As fotos estão lindas e vejo que o day use realmente vale a pena. Adorei o relato e com certeza farei uma visita em breve, já que Brotas é relativamente fácil pra eu visitar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liany, tudo bom?
      Amei o Cassarova por oferecer tantas oportunidades de trilhas e atividades. Com certeza, é um parque imperdível em Brotas!

      Excluir
  2. Eu tive a oportunidade de conhecer esse parque em Dez-18 e também igualmente amei. O seu post está muito completo, se eu tivesse o encontrado antes de ir, teria tirado todas as minhas dúvidas. As fotos estão lindíssimas, eu amei super a parte do Banho na Cachoeira Cassorova.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, tudo bom?
      Há 2 cachoeiras belíssimas no parque, sendo que uma, foi considerada uma das mais belas do Brasil. Espero que você possa voltar em breve para curtir mais esse lindo parque ecológico!

      Excluir
  3. Brotas realmente está em alta ultimamente! E não é pra menos! Toda vez que leio um post me espanto com a quantidade de atividades de ecoturismo! Não tinha ainda lido sobre o ecoparque cassarova e achei super legal! Dica anotada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvia, tudo bom?
      Brotas sempre foi conhecida pelos esportes de aventura e nesse post, o objetivo foi em mostrar as belezas naturais da região.

      Excluir
  4. Que legal, gostei de conhecer o Ecoparque Cassorova com vocês! Ecoturismo é tudo de bom, ainda mais nesses lugares lindos. Brotas está na minha lista faz tempo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi, tudo bem?
      Também estava na minha lista há um tempão..kkk... aproveitei alguns dias off para me hospedar em Brotas e conhecer a região.

      Excluir
  5. Muito legal essa dica. Eu moro relativamente perto de Brotas e nunca pensei em passar um dia lá (estilo bate e volta). Mas lendo seu artigo me deparei com essa possibilidade, chegamos cedinho, curtimos o dia no Cassarova e depois voltamos. Show!! Obrigada por compartilhar!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, tudo bom?
      Tenho certeza que você vai amar essa ideia do bate e volta ou, se hospedar em brotas para otimizar tempo e economizar na gasolina.

      Excluir
  6. Quantas atividades em um só lugar! Achei a opção de passeio incrível e ainda tem comida boa. Aí fica perfeito, não é? Tenho confessar que ri quando você disse que Brotas é famosa também por ser a terra do cantor Daniel. Nem me lembrava mais que ele vive falando disso na tv! rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lulu, tudo bom?
      Ele vivia falando nisso na TV, depois descobro que muitos empreendimentos em Brotas são da família.. kkk.. quer um mktg melhor do que esse?kkk

      Excluir
  7. Muito legal o lugar, achei bem completo seu post, sabe dizer o horário de funcionamento? que hrs da pra chegar e até q hrs pode ficar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tiago, tudo bom?
      O horário do ecoparque é das 9h às 17h. Sugiro que chegue cedo para aproveitar bem o dia.

      Excluir
  8. Adoro ecoturismo e ainda não conheço Brotas. Cada vez que leio um post sobre a cidade fico com mais vontade de visitar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rozembergue, tudo bom?
      Sugiro que fique 3 noites em Brotas para curtir bem a região.

      Excluir
  9. Adorei as dicas. Brotas é tão perto de São Paulo, dá pra fazer um bate volta em um final de semana e conferir tudo isso. Já vou programar algo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego, tudo bom?
      Você pode fazer um bate e volta ou dormir em Brotas. Há uma variedade de hospedagem na cidade para todos os preços e gostos.

      Excluir
  10. Foi muito bom fazer essa viagem com vcs! Já estou pensando em qual será a de 2019! E o parque Cassarova foi o que não consegui chegar a tempo para ir... que bom que pelo seu post consegui saber tudo sobre ele. Agora já está na lista para ser visitado quando eu retornar a Brotas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que não puderam chegar mais cedo em Brotas. Esse parque vale a pena voltar e voltar e voltar.. kkkk... amei! Também estou ansiosa para saber onde será o nosso próximo destino :-)

      Excluir
  11. Fiquei doido pra conhecer esse lugar. Muitas opções de aventura e cachoeiras também, sou apaixonado pelos 2 kkkkk. Post super completo, parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexandre, tudo bom?
      Um lugar que realmente marcou e deixou saudades. O Ecoparque é fantástico!

      Excluir
  12. Meu maior arrependimento de Brotas é não ter ido ao Cassarova, mas é uma boa desculpa para voltar!

    Aliás, eu nao tinha idéia de que a cidade era tão legal, voltei feliz e surpresa! Você também foi surpreendida assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aninha, tudo bom?
      Sim, quando fui pela primeira vez, fiquei impressionada com a infraestrutura de Brotas, mas não tive tempo de fazer os principais parques. Dessa vez, foi amor pela primeira vista quando passei o dia no Cassorova.

      Excluir
  13. Tenho lido muita coisa sobre Brotas e visto fotos incríveis dessa cidade. Já coloquei na minha listinha e com certeza vou querer visitar o parque Cassarova. Adorei saber sobre o ecoturismo de acessibilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, tudo bom?
      Muito legal a preocupação deles com o ecoturismo de acessibilidade. Ficamos felizes em saber que os empreendimentos estão evoluindo nessa área.

      Excluir
  14. já comecei a ler esse post rindo, porque soube da existencia de brotas, quando o daniel ia naqueles programas de domingo hahaha... mas eu sempre achei que fosse um destino mais de aventura, e isso não é pra mim... fiquei feliz em saber que posso curtir igual sem me jogar nas tirolesas da vida hahahahahha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nicole, tudo bom?
      Siimmmm... A família dele tem um bocado de empreendimento na cidade. Mas fique tranquila, pois não há só tirolesas no local e sim, muitos Ecoparques belíssimos com cachoeiras e piscinas fantásticas.

      Excluir
  15. Mês passado andei pela região de Brotas e adorei! Não conhecia esse ecoparque, parece muito legal! Já fica anotada a dica para uma próxima viagem pela região!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, tudo bom?
      Brotas é surpreendente, com muita opções de atividades para todos os gostos e idades.

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!