Agência de Turismo

Ganhe descontos

Booking.com
Navigation

Guia completo de Lausanne para você amar!

Guia completo de Lausanne para você amar!, O que fazer em Lausanne?, Onde se hospedar?, Night em Lausanne

 Guia completo de Lausanne para você amar!Lausanne, a capital do Cantão de Vaud, uma cidade que me surpreendeu. Ela fica bem pertinho de Montreux, aproximadamente a 21 minutos de trem e localizada na beira do Lago Léman, ou Genebra (popularmente conhecido).

Eu sou agente de viagem e ajudo o cliente a montar o seu roteiro dos sonhos. Os preços da passagem aérea + hospedagem + aluguel de carro + seguro viagem são conforme o mercado. Entrem em contato para conferir os valores dos pacotes e receba o seu roteiro GRATUITO! 

Contato: blog@dani.tur.br.

Conhecida como a cidade olímpica mundial, pois o Comitê Olímpico Internacional escolheu Lausanne como sede desde 1914. A cidade é a segunda maior da região e com proximidade aos Alpes Franceses.


Nesse post "Guia completo de Lausanne para você amar!", eu falarei sobre a minha passagem pela cidade, dando dicas fundamentais para quem tem a intenção de se hospedar na cidade.

Vamos lá!

1- Como chegar em Lausanne?

Como eu estava viajando de trem e fiz toda a minha viagem na Suíça através do Swiss Travel Pass (passe de trem na Suíça), a minha chegada em Lausanne foi bem tranquila. Peguei o trem na estação de Montreux com destino Lausanne.


Atenção: se a sua viagem está programada para circular pela Suíça de trem, é importantíssimo que você reserve hospedagem perto das estações. O custoxbenefício de se manter próximo ao seu principal acesso às cidades (trem) faz com que você otimize tempo e diminua a preocupação de como fazer para chegar até o hotel.


Dica: veja as vantagens que o Swiss Travel Pass oferece e confira a sua programação de viagem. Eu fiz quase todas as atrações FREE que o passe oferecia, economizando bastante no custo da viagem.

2- Onde se hospedar em Lausanne?

Dando continuidade ao assunto acima, eu tive um choque de realidade quando sai da estação do trem e percebi que a cidade histórica, onde o meu hotel estava localizado, ficava no alto.

Dica: o mapa do Google que usei para analisar a hospedagem era plano, então, não percebi que a distância era perto, mas, que eu teria que subir bastante para chegar até o hotel.


Curiosidade: o nome Lausanne vem de um acampamento militar que o romanos construíram perto do lago. Após o Império Romano, por segurança e prudência, a população subiu a colina construindo o seu porto seguro na parte alta da cidade.

O melhor dos casos seria pagar um táxi ( que na Suíça é exorbitante de caro), mas como a distância em si não era tão grande, tive a brilhante ideia de subir para a pé mesmo. Não façam isso!! Vão chegar exaustos no hotel.

Para que vocês não caiam nessa pegadinha, vou compartilhar a minha lista de hospedagem tanto perto da estação do trem, como na cidade histórica para vocês. Seguem os links abaixo:

Hospedagem no centro de Lausanne:

1- Lausanne Palace
3- Alpha Palmiers by Fassbind
4- Hotel des Voyageurs Boutique
5- Hotel du Raisin


Eu fiquei no Lausanne Palace! Foi uma hospedagem dos sonhos! Conto com detalhes AQUI.





Hospedagem perto da estação de trem de Lausanne:

1- Continental Hotel Lausanne
2- Best Western Plus Hotel Mirabeau
3- Agora Swiss Night by Fassbind
4- Hotel Victoria
5- Elite


3- O que fazer em Lausanne?

Antes de iniciar a lista dos lugares, importante mencionar Como andar em Lausanne?

Caso você não tenha o Swiss Travel Pass, um passe onde você pode andar no transporte público na Suíça de graça e quantas vezes quiser, você pode pegar em seu hotel um cartão de transporte, o Lausanne Transport Card, que te oferece o transporte gratuito pela cidade.

Vamos a lista de lugares que vale a pena conhecer em Lausanne:

Centro Histórico:

#Catedral de Lausanne: 

Ela possui uma rica e bela arquitetura gótica do século XIII, que se destaca no alto da colina, ela abriga um órgão gigantesco, que ainda é usado nos dias de hoje para concertos.


Dica: se estiver em Lausanne no Natal, lembre de assistir o concerto de Natal na Catedral! À entrada é GRATUITA.

#Mirante da catedral: 

Quando eu estive na cidade, estava ocorrendo uma confraternização religiosa no platô do mirante, com comidas variadas.

#Escada de madeira (Escalier Du Marché):

Ela foi construída na mesma época da catedral. Ela é coberta e une a zona da catedral com a da praça Palud.



#Place de la Palud: 

Ela representa bem a parte histórica de Lausanne, com suas edificações de época (Hôtel de Ville) e eventos ao ar livre com produtos típicos da região.

#Palais de Rumine: 

Ele foi construído para satisfazer o desejo de Gabriel de Rumine (filho dos príncipes russos), que doou 1,5 milhão de francos suíços para  conceber um edifício de utilidade pública. Hoje, ele abriga a biblioteca de Lausanne e parte da universidade.



#Museu Histórico de Lausanne: 

Ele está localizado dentro do Palácio dos Bispos, no prédio da antiga residência Episcopal, ao lado da Catedral de Lausanne.


Inaugurado em 1918, ele conta a história da cidade desde as origens pré-históricas até as revoluções sociais, políticas, econômicas e urbanas do século XIX.

Foto Google

#A ponte Charles Bessières: 

Um dos principais pontos turísticos da cidade, refletindo a vida cotidiana com uma logística que funciona de forma paralela: o nível superior da ponte foi feito para os carros e o inferior, onde passa o metrô.

Foto Google 

#Ruas comerciais: 

Elas são muitas e é impressionante o agito comercial da cidade, com suas inúmeras lojas, além das grandes de departamento e marcas internacionais, incluindo os cafés e restaurantes. Indico as ruas de Bourg, Centrale e Du Pont. 

#Praça Saint François: 

Possui feiras livres e o famoso mercado de Natal em Dezembro.


#Fundação L’Hermitage: 

Ela exibe obras temporárias com temas bem elaborados.

#Museu de fotos L’Elyseé: 

A mansão foi construída em 1783 para Henri de Mollins, um oficial suíço a serviço da coroa holandesa. O museu foi fundado em 1985, contendo quatro andares com oito exposições, além de livraria e biblioteca.



#Museu de L’Art Brut: 

Ele possui obras surpreendentes por estrangeiros em clínicas psiquiátricas e presídios.

#Famosa Béjart Ballet: 

Ela está na cidade desde 1987, um escola dedicada ao ballet contemporâneo, com apresentações em palcos famosos, como: Tóquio, Bruxelas, Atenas e Paris.


Geralmente, as apresentações em Lausanne são realizadas entre Junho e Dezembro.


#Passeio de trem (Train des Vignes): 

Um trem das vinhas, que te leva para conhecer a região do Lavaux, de Vevey à Chexbres.

Zona portuária de Ouchy: 


Uma região que era uma vila de pescadores e que foi urbanizada. Você pode andar pela orla, fazer picnic, apreciar o Chateau D’Ouchy e andar sem pressa pela rua Quai de Belgique, uma referência que abriga  casarões de época.


Chateau D'Ouchy - Foto Trivago

#Museu Olímpico: 

Ele retrata uma visão geral da história dos Jogos Olímpicos desde Atenas, em 1896, até os dias atuais.



#Quartier Du Flon: 

Um lugar que foi revitalizado com uma pegada mais contemporânea. Há muito comércio nessa região, com destaque para a vida noturna.



#Floresta e Parque Sauvabelin: 

Essa região possui um campo de carvalho, o lago Sauvabelin e uma torre de madeira. A vista lá de cima é impressionante!




4- Eventos realizados na cidade:

#Competição internacional de ballet: 

Geralmente acontece em Janeiro.

#Tour de Romandie: 

O mais importante preparatório para a corrida de ciclismo Giro D’Italia. Período: Abril/Maio.

#Festival de Lausanne: 

Ele acontece nas praças da cidade e apresenta uma grande diversidade musical. Período: Junho.

#Athletíssima: 

É um encontro internacional do atletismo. Período: Julho.

#Festival de la cité: 

Um dos principais festivais com mais de 120 eventos culturais. Período: Julho.

#Festival de Jazz: 

Ele possui uma programação que homenageia o jazz contemporâneo. Período: Outubro.

#Maratona de Lausanne: 

A famosa maratona geralmente acontece em Outubro



5- Quantos dias em Lausanne?

Sugiro 2 dias inteiros para que vocês possam conhecer as principais atrações da cidade.

Curiosidade: só vi metrô em Lausanne. Talvez tenha em outras cidades suíças, mas passou despercebido aos meus olhos.

6- O que comer?

Sugiro que experimentem comidas típicas da região, como as salsichas recheadas com repolho gratinado e alho-poró.

Descomplique a sua viagem e veja os melhores passeios nos arredores de Lausanne. 





Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:



1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 

2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.











Share

Dani Turismo

Post A Comment:

8 comments:

  1. Muito completo o seu guia mais que completo de Lausane. Uma pena este destino estar bem complicado para nós brasileiros em virtude da Pandemia e da queda do real.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Moises, tudo bem?
      Dias melhores virão! Se Deus quiser!
      Tomara que o câmbio nos favoreça, quando essa covid19 acabar.

      Excluir
  2. Amei saber um pouco mais sobre Lausanne! Adorei o guia completo, está cheio de coisa boa por aí. Espero que eu consiga ir em breve, estou em pertinho! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberto, tudo bom?
      Espero que você aproveite bastante Lausanne. Tomara que esse covid19 seja exterminado logo.

      Excluir
  3. Quanta coisa linda em Lausanne! Já salvei para colocar no meu roteiro pela Suíça, se tudo correr bem ainda esse ano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcela, tudo bem?
      Vale a pena combinar Lausanne com outras cidades para aproveitar bem a viagem. Esperamos que essa onda do covid19 acabe logo.

      Excluir
  4. Estou encantada com seu guia completo de Lausanne. Eu sonho muuuuito em visitar a Suíça. Está quase no topo da minha listinha. A cidade me pareceu realmente uma fofura. Gostei também da dica do Swiss Pass e que ele também oferece atrações grátis e não fica só no uso de passagem de trem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lulu, tudo bem?
      Eu usei muito o Swiss Travel Pass. Ele não é barato, mas vale muito a pena se quiser conhecer a Suíça de trem, sem contar com as gratuidades e descontos nos pontos turísticos.

      Excluir

Obrigada por sua mensagem! Você pode receber mais informações enviando as suas dúvidas para o email comentarios@dani.tur.br