Navigation

Onde se hospedar em Cambará do Sul?

Uma dica imperdível de hospedagem em Cambará do Sul: Parador Casa da Montanha.


Sabe aquele lugar que te surpreende? Assim foi no Parador Casa da Montanha, em Cambará do Sul. Ele é referência quando se procura a hospedagem dos sonhos. Mas fiquem calmos, pois não é uma fortuna a hospedagem e após ler a minha experiência, acredito que não vai querer outro lugar.


Onde se hospedar em Cambará do Sul?

Você merece se hospedar no Parador Casa da Montanha e viver dias incríveis mergulhado na natureza, com paisagens de extrema calmaria e usufruindo do conforto, que te impede de dizer adeus.


Como chegar no Parador Casa da Montanha?

Nós estávamos em Canela e pegamos estrada no final do dia para Cambará do Sul. Como foi a nossa primeira vez na região “em cima da serra gaúcha”, não tínhamos ideia das condições visuais da estrada até o destino final.

Dica: numa próxima vez, chegaria em Cambará durante o dia, para aproveitar melhor a paisagem e evitar neblina na estrada.

Atenção: se você está saindo de Canela, cuidado para não seguir a rota nos 30 minutos finais do Google Maps, pois ele orienta a sair da estrada principal para pegar uma de terra. NÃO FAÇAM ISSO!! A melhor rota é ir até o centro de Cambará do Sul e depois, pegar uma estrada batida até o Parador Casa da Montanha.
  
Vejam as indicações certas no mapa abaixo.


Quantos dias ficar no Parador Casa da Montanha?

Por mim, ficaria uma eternidade .. kkk 😊 .. mas o tempo de viagem só nos permitiu ficar 3 dias e 2 noites nesse lugar único, perfeito e acolhedor. Já conto para vocês os motivos pelos quais nós amamos o Parador Casa da Montanha.


O que fazer em Cambará do Sul?

A nossa proposta de viagem era conhecer os famosos cânions: Itaimbezinho e Fortaleza e realizar a travessia no Rio do Boi. Você poderá acompanhar os passeios lendo O que fazer em Cambará do Sul?


Como foi a hospedagem no Parador Casa da Montanha?


Deixei a cereja do bolo para o final 😊 .. Como foi? Um sonho! Não me belisca, porque eu não quero acordar .. kkk

A concepção da hospedagem veio através do conceito já projetado há alguns anos na África, pelos safáris de luxo. A ideia inicial foi gerida quando o dono do Parador realizou o seu primeiro safári na África e ficou encantado com a forma estrutural dos alojamentos autossuficientes, dentro dos parques ecológicos, mas sem perder o conforto de sua casa.

Hoje, há três tipos de hospedagem no Parador Casa da Montanha Ecovillage: Suíte superior, barraca suíte e barraca luxo. A idealização das barracas aconteceu devido às estruturas dos safáris na África e as suítes superiores, onde nós nos hospedamos, proporciona uma infraestrutura que contempla uma suíte completa de luxo, com uma hidromassagem e lareira na sacada.



Como comentei anteriormente, a nossa chegada foi bem tarde, mas a recepção foi tão calorosa quanto se chegássemos a qualquer hora do dia. Água aromatizada, suco de uva e taças de espumante com petiscos já nos aguardávamos na casa principal. Uma bela casa toda ornamentada com itens decorativos da região mostrando simbolicamente a vida na serra gaúcha, com uma bela lareira de um lado, convidando a sentar e relaxar ao som de música ambiente e, do outro lado, uma mesa de sinuca para passar o tempo em boa companhia.

Nesse mesmo ambiente ainda tem um bar, que serve drinks, petiscos, além do chá da tarde todos os dias. Nós estávamos passeando nos dois dias e não tivemos a oportunidade de apreciar o chá da tarde, o qual está incluso no preço da diária.

Mais adiante, você encontra o restaurante Alma, onde você pode tomar o café da manhã (incluso na diária), além do almoço e jantar aberto ao público. 

Que café da manhã! Diversos sucos, além do tradicional café com leite, uma variedade de pães, bolos, torradas, pastinhas, queijos, cereais, além das opções de omeletes: um verdadeiro banquete!

O Spa L'Occitane não está incluso na diária, mas também é uma boa pedida. A massagem corporal ou tratamento estético em geral aplicado com a linha cosmética da L'Occitane precisa ser reservada na recepção.

Outra atração imperdível é o famoso “churrasco“ feito no chão, que acontece aos sábados, mas a nossa hospedagem foi durante a semana. A fama dele vem pela forma arcaica de realizar essa atração típica da região, além de conter peças nobres de carnes variadas.

E a suíte, Dani?! Ela é supreme! Uma cama, que te abraça literalmente! Eu sou a louca que reparo até na marca do colchão e lençóis de cama .. kkkk .. A última etapa do dia, que é a de dormir, para mim, é tão importante quanto as outras. Eu faço questão de uma boa cama: limpa, arrumada e com colchões e lençóis de qualidade. Isso é fundamental!



A suíte é ampla, com espaços bem definidos:
  • Uma mesa e cadeira (ajuda bastante o visitante internauta a se conectar na net com conforto);
  • Duas poltronas para tomar um vinho especial no final do dia e descansar os pés;
  • Cama queen;
  • Armário para guardar as roupas e itens de viagem;
  • Frigobar com quitutes (faltou o preço deles mais disponível para que o hóspede saiba o valor a pagar por cada item, já que não estão inclusos na diária)
  • Banheiro completo, com uma boa bancada de granito dividindo o toilete do chuveiro.
  • Música ambiente, onde você pode controlar o volume;
  • Aquecedor no colchão para os dias de frio;
  • Amenities da L'Occitane, como: shampoo, condicionador, sabonete líquido e hidratante;
  • Na sacada da suíte: uma hidromassagem, lareira e cadeiras para apreciar o pôr do sol! 


Quando entramos na suíte, tinha um mimo de bem vindos com um cartão escrito à mão e quitutes saborosos para já deixar o gostinho na boca do que viria pela frente. Foram 2 noites maravilhosas e que poderiam ser repetidas sem pestanejar. Detalhe que todas as noites, a equipe deixa um bilhete com a temperatura mínima e máxima prevista para o dia seguinte.


Quanto custa se hospedar no Parador Casa da Montanha?

Você pode conferir os preços através do link do Booking para que tenham uma ideia de valores, mas uma coisa eu digo: NÃO vão se arrepender por cada centavo investido na hospedagem. Os dias no Parador foram sensacionais e só temos lindas memórias para guardar.





Aprenda a planejar a sua viagem e não esqueça de alguns detalhes fundamentais, como:

1- O Seguro Viagem: hoje em dia, não tem como viajar para o exterior sem o seguro viagem. Há diversos no mercado, por isso, eu sempre pesquiso pelo Seguros Promo

Você preenche o destino e a data da viagem e ele faz uma busca com as seguradoras do país,  informando o melhor preço. 

 

2- O aluguel do carro: outro item que a gente faz perder um tempão pesquisando. Hoje, eu faço a minha pesquisa através da Rent Cars, um site que compara aluguel de carro em mais de 100 locadoras do mundo. 

Sem contar que pode pagar em Real, evitando o pagamento do IOF.





Share

Dani Turismo

Post A Comment:

0 comments:

Obrigada por sua mensagem!